Agora pouco o Megaupload.com, um dos dos maiores sites de hospedagem de arquivos do mundo, foi desativado. O FBI indiciou seus funcionários por pirataria. As informações são da agência de notícias Associated Press, que diz que a agência de investigação americana prendeu o fundador e vários funcionários do site nessa quinta-feira no estado de Virgínia, nos EUA.


NOVA YORK - Promotores do FBI de Virgínia revelaram ter fechado um dos maiores sites de compartilhamento de arquivos da internet, o Megaupload.com, e estão cobrando de seu fundador e outros funcionários envolvidos explicações sobre a violação de leis antipirataria dos EUA. Em represália, o grupo “hacktivista” Anonymous derrubou os sites do Departamento de Justiça americano, da Recording Industry American Association (RIAA), da Motion Picture American Association (MPAA) e do Universal Music Group. Também tentaram derrubar o site da Casa Branca sem sucesso. “Foi mesmo em retaliação à retirada do Megaupload do ar”, disse o porta-voz Barrett Brown, do Anonymous. “E mais vem por aí”.

Uma denúncia acusa a empresa responsável pelo Megaupload de causar mais de US$ 500 milhões em danos devido à pirataria de filmes. As empresas detentoras dos direitos autorais não foram citadas, mas, pelos títulos dos filmes no site, pode-se ter uma ideia das autoras da acusação.

O processo foi aberto nesta quinta-feira, um dia depois do “blecaute” coordenado e voluntário que tirou do ar milhares de sites em protesto contra Sopa e Pipa as duas propostas de lei que tramitam no Congresso americano destinadas a impedir a pirataria on-line de filmes, programas de TV, games e outras mídias (veja reportagem nesta página).

Os investigadores do FBI disseram que não havia ligação entre as detenções e a tempestade política sobre a polêmica envolvendo os projetos de lei.

O “Wall Street Journal” afirma que sete funcionários do Megaupload foram presos nos EUA e que outros quatro na Nova Zelândia, no que o FBI chama de uma ofensiva global contra a pirataria on-line.

A investigação já dura dois anos, dizem os agentes.

Site diz que responderá logo às acusações de pirataria

O Megaupload.com afirmou que irá responder o mais rápido possível às reclamações sobre material pirateado disponível na sua plataforma. A acusação formal contra o site diz que o Megaupload chegou a ser o 13 site mais popular do mundo, gerando US$ 175 milhões de receita criminosa.

“Embora vários parlamentares tenham renegado o Sopa e o Pipaontem [veja rerportagem abaixo], a ação do FBI contra o Megaupload provou que os agentes não precisam dessas leis para dar um golpe na internet”, escreveu o site RT.com sobre o caso.

Grupo hacker diz que derrubou site da Justiça e de gravadora nos EUA

Ação teria sido em protesto contra a derrubada do site Megaupload.com.
Na quarta-feira, sites fizeram protesto contra leis antipirataria SOPA e PIPA.

O grupo de hackers Anonnymous anunciou, nesta quinta-feira (19), por meio de seus perfis no Twitter que derrubou os sites do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, da Universal Music, da Associação de Filmes dos EUA e da Associação da Indústria Fonográfica do país. A movimentação é em protesto contra a derrubada do site de compartilhamento de arquivos Megaupload e a prisão de seu fundador.


Em seus posts, eles dizem que a luta é pela “liberdade da internet”.

#BrazilAgainstSOPA - Se o Megaupload não voltar, tenham certeza, muitos sites de gravadoras e produtoras ficarão down :)

Site Recording Industry Association of America RIAA.org derrubado

Site Motion Picture Association of America MPAA.ORG derrubado
Site http://copyright.gov derrubado
Site http://www.riaa.com derrubado

Site da Associaçao de chefes de policia de Utah http://www.utahchiefs.org/ derrubado

Site http://USDOJ.GOV Tango Down

Site bmi.com fora do ar por causa do grupo


#ATUALIZAÇÂO

Anonymous derruba site do FBI após fechamento do Megaupload
Hacktivistas conduzem guerra cibernética desde o começo da noite, em retaliação ao fechamento do Megaupload pelo governo americano

Os outros alvos, derrubados mais cedo também em retaliação, foram os endereços da Universal Music, Departamento de Justiça, entre outros

São Paulo - Após 3 horas de operação em retaliação ao fechamento do site Megaupload nesta quinta-feira, o grupo de hackers Anonymous derrubou o site do FBI, nos Estados Unidos.
O endereço está fora do ar desde as 22h50, e a conquista foi comemorada no perfil do grupo no Twitter: "FBI Tango Down!", anunciou um dos posts.

Era o objetivo principal da verdadeira guerra cibernética que os hacktivistas começaram no início da noite, um contra-ataque diante da retirada do site de compartilhamento de arquivos do ar pelo governo americano.

Os outros alvos, derrubados mais cedo também em retaliação, foram os endereços da Universal Music, Departamento de Justiça, Associação das Gravadoras (RIAA) e Associação Cinematográfica (MPAA) dos Estados Unidos.

Segundo os perfis que noticiam e comemoram a operação, que está sendo chamada de #OpMegaupload ou #OpPayback, esta é a maior operação organizada pelos hacktivistas, com com 5.635 participantes.

ENTÃO JÁ SABE VAI LA NO TWITTER E -
#OpMegaupload
#OpPayback
#StopSopa

#PARA AQUELES PERDIDOS QUE AINDA NÃO SABEM O QUE É A LEI SOPA:
é pessoal, agora a porra ficou muito mas muito séria

e no twitter:
AnonymousIRC Brasil
Se o governo censurar a Internet, é nossa obrigação "censurar" o governo -


Mais Notícias:
g1.globo
gamevicio
oglobo
EXAME